Igreja Adventista do Sétimo Dia de Americanópolis

Guilherme Miller

A Sra. Miller fez o que qualquer mãe faria naquelas circunstâncias: Informou à comissão de diáconos que seu filho Guilherme estava disposto a ler os sermões nos dias em que o pregador se ausentasse. Os diáconos escolhiam o sermão do domingo e Guilherme Miller se comprazia em lê-lo.

As coisas continuaram nesse ritmo por algum tempo – Miller ainda apegado a suas idéias deístas e, embora pouco à vontade, lendo os sermões no domingo. Ele ainda considerava as Escrituras tão-somente escritos de homens.

No dia 15 de setembro de 1816, enquanto Miller lia o sermão em voz alta, de repente se desfez em prantos, tão vencido pela emoção que não pôde prosseguir. Foi obrigado a entregar a leitura a um dos diáconos e tomar seu assento na congregação.

Foi provavelmente nesse ponto que o Espírito Santo pôde alcançar Guilherme Miller…

Quer saber o fim da história? O livro “Retrato dos Pioneiros” (Norma J. Collins, CPB, 2007) torna reais detalhes inspiradores da vida dos primeiros adventistas.

Um pouco da Palavra

“E vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei o coração de pedra da vossa carne e vos darei um coração de carne.”
(Ezequiel 36:26)